Um Ensaio para a Humanidade

por - 09:40


No documentário  "O Mundo Global visto do lado de cá", com Milton Santos, uma grande produção de Silvio Tendler, autodenominado documentarista político, com outras grandes obras em seu currículo, como Jango, Os Anos JK, O Veneno está na Mesa, entre outros tantos, nos é apresentado um quadro geral da nossa chamada globalização e seus efeitos na sociedade.
Milton Santos divide a globalização em três: a globalização como é posta, a globalização da perversidade e o mundo por uma outra globalização. Uma série de acontecimentos pelo mundo mostra que a globalização é fundamentada pelo capitalismo. O documentário apresenta algumas questões que chamaram a atenção do mundo, como a privatização da água potável, por exemplo. A tentativa de se apropriar de uma riqueza mundial como a água e torná-la um produto de comércio, gerando capital para as mãos de poucos.

Diante disso, Milton Santos fala da globalização da perversidade, do aumento do desemprego, da mendicância, dos baixos salários, da crise financeira, da pobreza, apesar de sermos um país que produz muito mais alimento do que consegue consumir.

Dentro desse cenário a mídia atua para criar uma fábula da globalização, um cenário inventado, uma repetição de ruídos ou uma repetição de informações conforme dita a minoria detentora desse poder  de globalização. Ainda assim, a mudança começa a ocorrer. As pequenas comunidades estão começando a ter acesso aos meios de comunicação, especialmente à internet, e a estão usando para se fazer ouvir.

Comunidades antes desprezadas estão produzindo conteúdo e opinião e estão fazendo mudanças através dessa comunicação. Aí entra a comunicação comunitária, aquele pequeno jornal daquela comunidade carente e esquecida, a pequena produção audiovisual daquele bairro miserável, todas comunicação, todas formas de expressão que estão aparecendo graças à internet.

De acordo com Milton Santos, é um pequeno despertar que está acontecendo rumo a um mundo com uma outra globalização, um ensaio para a humanidade, que, segundo ele, ainda não existiu, mas está sendo ensaiada. Acredito que o acesso da grande maioria à internet pode acarretar mudanças significativas, como já está ocorrendo. A pequena produção de uma comunidade pode servir de exemplo para outras comunidades e assim podemos mudar os rumos da globalização.

Você também pode gostar destes...

0 Comments